top of page

Respiração saúde e Pranayama.

Atualizado: 29 de mar. de 2023

Pranayama é definido, de forma geral como controle respiratório. Pranayama significa extensão e expansão da dimensão do Prana. Sendo uma palavra em sâncrito ao dividirmos ela temos Prana que significa 'energia vital' ou 'força vital' e Ayama que é definido como 'extensão' ou 'expansão'.

A respiração é o processo mais vital do corpo. Ela influência as atividades de cada célula e, o mais importante, está intimamente relacionada com a performance do cérebro. Os seres humanos respiram aproximadamente 15 vezes por minuto e 21.600 vezes por dia. A respiração promove a queima do oxigênio e da glicose, produzindo a energia que move cada contração muscular, secreção glandular e o próprio processo mental. A respiração está intimamente relacionada com todos os aspectos da experiência humana .


Muitas pessoas respiram incorretamente, usando apenas pequena parte da capacidade pulmonar. A respiração é geralmente curta, privando o corpo do oxigênio e do Prana essenciais para uma boa saúde. Ao final desta matéria há uma prática descrita que é uma técnica preparatória que induzem ao correto hábito respiratório. Além disso ela pode te ajudar a focar a atenção no processo respiratório, o qual muitas vezes é ignorado.

A respiração rítmica lenta e profunda estimula e é estimulada por um estado mental de calma e contentamento. A respiração irregular perturba o ritmo do cérebro, causando bloqueios físicos emocionais e mentais. Estes bloqueios, por sua vez, causando conflitos internos, desequilíbrios da personalidade, desordem no estilo de vida e doença. O Pranayama estabelece padrões regulares de respiração, revertendo o processo e quebrando este ciclo negativo. isso acontece através do desenvolvimento do controle respiratório e do restabelecimento dos ritmos naturais e relaxados do corpo e da mente.

Apesar da respiração ser principalmente um processo inconsciente, o controle consciente da mesma pode ser feito a qualquer momento, formando, por consequência, uma ponte entre estas duas áreas da mente: o consciente e o inconsciente. Através das práticas de Pranayama, a energia bloqueada em padrões mentais neuróticos, muitas vezes inconscientes, pode ser liberada para uso de atividades mais prazerosas.


Respiração e longevidade


Além de influenciar a qualidade de vida, a longevidade também é determinada pelo ritmo da respiração. Os antigos Yogis e Rishis estudaram a natureza em grande detalhe. Eles notaram que aqueles animais com um ritmo respiratório lento como as pítons (serpentes), os elefantes e as tartarugas, vivem por muitos anos, enquanto aqueles com um ritmo respiratório rápido, como os pássaros os cães e coelhos, vivem apenas alguns anos. A partir dessa observação, eles perceberam a importância da respiração lenta no aumento da longevidade. As pessoas que respiram de forma mais curta e rápida estão destinadas a terem uma vida mais curta que aqueles que respiram de forma lenta e profunda. No nivel físico, a respiração está diretamente relacionada com o coração. Um ritmo respiratório lento mantém o coração forte e mais nutrido, contribuindo para uma vida longa. A respiração profunda também aumenta a absorção de energia pelo Pranamaya kosha (corpo de energia), aumentando o dinamismo, a vitalidade e o bem estar geral.


Vamos aprender uma técnica fácil?


Esta é uma técnica simples que introduz o praticante em seu próprio sistema respiratório e em padrões de respiração. É muito relaxante e pode ser praticado a qualquer momento. A consciência do processo de respiração, si mesma, é suficiente para desacelerar o ritmo respiratório e estabelecer um padrão mais relaxado.


Respiração natural.

Sente-se em uma posição de meditação confortável ou deite-se em Shavasana e relaxe todo o corpo.

Observe seu processo espontâneo e natural de respiração.

Desenvolva total consciência do fluxo rítmico da respiração. Sinta o ar fluindo, entrando e saindo pelas narinas. Não controle sua respiração de forma alguma. Perceba o que o ar é frio ao entrar pelas narinas e quente ao sair por elas.

Observe isso com atitude de uma testemunha.

Sinta a respiração fluindo na parte de trás da boca, acima da garganta.

Desça um pouco mais a consciência e perceba o ar fluindo dentro da garganta.

Aprofunde ainda mais e sinta dentro da região peitoral o ar fluindo pela traqueia e brônquios.

Agora sinta a respiração fluindo dentro dos pulmões. Esteja consciente do movimento de expansão e o relaxamento nesta área.

Esteja consciente do abdômen. Sinta a região abdominal se movendo para cima com a inspiração e para baixo na expiração.

Finalmente, torne-se consciente de todo o processo respiratório, das narinas até o abdômen, e continue observando isto por algum tempo. Perceba agora todo o corpo físico como uma só unidade e abra os olhos.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page